2014/01/10

Um dia fui possuída

pelo espírito do Renato Seabra. Tinha um saca-rolhas na mão e fúria suficiente.
Mas depois passou-me.