2013/11/20

a gente gosta mesmo de ter a quem odiar, não gosta?

ele é o blatter (que senão me engano é o mesmo que dizer “bexiga”), ele é o ibrahimovic, ele é a pepsi….

continuamos a aceitar bem quem realmente nos faz mal: passos coelho, jerónimo martins, belmiro de azevedo, ricardo salgado, fernando ulrich, fmi’s, troikas, bancos europeus, gaspares desta vida, marias luís, cratos…. a esses não desejamos tanto mal.