2012/08/24

Diário de uma Servente das Obras #4

Hoje foi um dia em cheio:

depois da bolha da trincha, levei com o porta-bagagens da carrinha com toda a força na cabeça, levei com uma espátula com toda a força num braço, tenho uma bolha noutro dedo por causa do martelo e ainda levei com um pedregulho dentro do olho.

Há dias assim.