2012/03/21

Hoje...

 
A LdE não podia deixar passar o dia mundial da poesia em branco e para o celebrar quem melhor que três connaisseurs da poesia (ou não) feita nos últimos anos em Portugal?


Fazendo uso dos seus atributos físicos, com recurso a efeitos vocais nunca antes vistos e apoiados pelo que de mais recente se usa ao nível da maquinaria de cena, o Trio Alicate tem como prioridades:

  • dar a conhecer o que de melhor da poesia (ou não) contemporânea portuguesa;
  • proporcionar uma noite diferente, cultural e séria (ou não) a todos os que procuram desenvolver o intelecto através da oferta cultural da cidade (ou não);
  • mostrar as pernas.

Esta vai ser a terceira apresentação deste agrupamento. Nunca se tinha visto tão maravilhoso trio desde o de Odemira.

A vantagem é que estes não cantam (pelo menos prometeram que não o faziam).