2011/07/07

Sou propensa

a crises de identidade. E quando o cansaço aperta, sei que voltam com cada vez mais força e frequência.
E ainda que saiba que tudo isto faz parte de um ciclo inevitável e previsível, não posso evitar sentir vontade de mandar tudo à merda.