2011/03/15

Moi Chéri - Memoires....

há coisas que por alguma razão não me desaparecem da memória.

Enquanto oiço o som das pedras que chovem em cima das abóbadas metálicas do meu local de trabalho, som esse que me provoca uma imensa desconcentração e inabilidade para prosseguir o que estava a fazer, lembro-me do dia em choveu granizo no Cacém e eu andava na 4ª classe (ainda era assim que se chamava).

"Professora, está a chover granito!" gritou o Joaquim. E toda a gente desabou em gargalhadas.
Até hoje me lembro da cara do pobre Joaquim que não entendeu logo a diferença entre uma chuva de granizo e uma chuva de granito.

Não é uma história divertida, nem fofinha ou com moral. O importante é que cada vez que chove granizo, me lembro do Joaquim.