2011/03/02

as minhas verdades ou mentiras

À minha volta, reprovava-se a mentira, mas fugia-se cuidadosamente da verdade.
Simone de Beauvoir

Tenho sempre perguntas por fazer. Há sempre qualquer coisa que gostava de perceber melhor e a maior parte das vezes as pessoas não sabem explicar. Resta-me tirar conclusões. E por mais que digam: não é isso, - que não seja. então respondam. Mas não sabem. Angustio-me. Como se precisasse que os outros se entendam para que eu me entenda para que entenda as coisas.
Com a minha resposta inventada crio todo o mundo que melhor me servir. E dessa resposta inventada vão nascendo novas perguntas que respondo como me convém. E quero lá saber da verdade dos outros. Tenho a minha, chega-me bem.