2011/01/11

É assim...

uns dias atrás dos outros e às vezes não se dá pelo rolar das horas, outras vezes parecem espadas os segundos a passar. e tudo é relativo, tal como o relógio avariado que está sempre certo duas vezes por dia. e aqui entra a coisa de se ver o copo meio cheio e meio vazio e sempre fui uma pessoa que gosta de poupar nas palavras por isso digo sempre que está a meio, sem especificar se cheio se vazio, talvez porque estou condicionada pelas ideias que vão ter de mim os outros quando eu escolher, finalmente, ver o copo meio cheio ou meio vazio.