2008/02/13

---

sem correr,
abrir a janela e pairar
sem peso , sem cansaço, sem sentir
o aperto
sem cansaço, sem esforço, chegar à altura mais alta
com a tranquilidade que só o voar permite, com a paz que só quem não tem nada que o prenda, tem
o sol nos olhos fechados, o calor que o cabelo retem
o cheiro que fica no corpo da areia
o sabor doce do sal na pele do mar