2007/08/18

.

deixo as velas queimarem até ao fim

as sombras que projectam nas paredes são bonitas

a lua já não está cheia como dantes


gosto de te esperar sabendo que não vens

torturo-me com a possibilidade e a ansiedade de te ver chegar

libações que cumpro ritual antigo

honras aos deuses que presidem a nossa espécie de amor


as divindades gostam de nos ver sofrer

dá-lhes mais gozo quando nos dão a esmola de um breve prazer

e eu engano-os...


shiiiiu.... digo com o dedo indicador à frente da boca, é o nosso segredo:

finjo que sofro enquanto te espero

até que eles, que não sabem o prazer que tenho nessas demoras luxuosas a que sentes ter direito,

se lembram de que também devem ser caridosos para que continuemos a acreditar neles,

e te mandam

com urgência

até mim


é por isso que sorrio quando te vejo chegar

consegui mais uma vez!

... e o prazer que devia ser único é dobrado


shiiiu.... é o nosso segredo